28/07/2017

[Resenha] Submissa – Maya Banks

Oiii Amores do meu coração!

Quem aí é fã de Cinquenta Tons de Cinza e está com saudade de ler novos livros do mesmo gênero? Eu! 🙋 Bom, tem um tempinho que não leio livros hot com homens ricos, submissão e todas aquelas coisas. Falta de oportunidade, a fila de leitura tá daquele jeito…😓

Sei que existem muitos e muitos livros do tipo por aí, um mais maravilhoso que o outro, mas Submissa me chamou a atenção por ser da autora Maya Banks. Li apenas um livro dela (tem resenha sobre ele AQUI) e amei a narrativa, então fiquei muito empolgada para ler esse aqui. Quer saber como foi a leitura pra mim?

Então, sigam-me as safadeeeeenhas! 😎 (brincadeira, amores! #tamoJunto)

submissa maya banks

Descrição
Eles não seguem as regras. Eles FAZEM as regras.

Uma nova série que vai mexer com você da cabeça aos pés. Poder, sedução, dinheiro, submissão, dominação, dor e prazer… Nesse jogo que está prestes a começar, o amor não entra nas regras. Será que você está preparada?

Evangeline nunca soube o que é viver no luxo, pois sempre teve que trabalhar duro para ajudar os pais e conseguir sobreviver em Nova York. Típica garota do interior, sente-se deslocada em meio à metrópole e percebe que ingenuidade e sinceridade, que sempre foram suas características mais marcantes, são vistas como defeitos pelos nova-iorquinos e, principalmente, por seu ex-namorado que a seduziu e a abandonou.

Ele se apossa do que quer, sem remorso e sem culpa.

Drake Donovan é um magnata do entretenimento e um dos milionários mais cobiçados do mundo. Ele e seus “irmãos” ergueram um império em Nova York, e o seu maior empreendimento é a badaladíssima Impulse, a casa noturna mais exclusiva da cidade. Acostumado a ter todos na palma da mão, Drake sente seu inabalável mundo balançar quando vê uma jovem com ar angelical e inocente perdida em sua boate. Quem era aquela garota? Ele não tem ideia, mas de uma coisa tem certeza: ela será dele!

Ela não sabe se é capaz de dar o que ele deseja.

Incentivada pelas amigas, ir sozinha à Impulse parece o plano perfeito para Evangeline se vingar do ex-namorado canalha. Mas o que está prestes a acontecer vai mudar sua vida para sempre. Uma proposta… Uma tentadora oportunidade de ter tudo aquilo que nem em sonhos ela imaginaria possível. O preço? Submissão total e completa.

Pessoas lindas, vocês já devem estar pensando em uma lista de livros hot pra me indicar, não é? Não tem problema, podem colocar la nos comentários. Mas não se preocupem, Cinquenta Tons não foi o único livro do gênero que li, só quis dizer que tem tempo que não visito o tema. Então bastou uma lida na descrição de Submissa pra que eu ficasse em cólicas para ler. Li primeiro em inglês, mas depois comprei em português também.

Bom, no inicio estava tudo muito bem. Conhecemos Evangeline (amo esse nome, me lembra o clássico da Disney A Princesa e o Sapo), uma menina meiga e gentil que acabou de tomar um fora horrível do ex-namorado. Horrível mesmo, tadinha. Afeiçoei-me a ela de primeira.

evangeline

Pra quem não conhece o clássico, Evangeline é a estrela.

Encontramos nossa heroína sendo arrumada e maquiada pelas melhores amigas para ir ao clube mais exclusivo de Nova York. Uma das companheiras de quarto de Evangeline conseguiu uma entrada VIP para o clube Impulse. As amigas querem que ela apareça linda e bela e esfregue na cara do pateta do ex dela o que ele perdeu.

Se ele visse algo que queria, ele tomava. Ele estava sempre no controle. Sem exceções. Para nenhuma mulher. Nem ninguém. E ele planejava em manter as coisas assim.

Pena que Evangeline não pensa como elas. Ela se considera uma mulher completamente normal, nem bonita nem feia, apenas normal, daquelas mulheres que não chamam atenção. Só que na verdade ela é lindíssima e assim que entra no club, Drake a vê. E a quer. E ele sempre toma aquilo que quer.

submissa maya banks

Drake é um dos sócios da boate Impulse, um homem misterioso e riquíssimo, com gostos particulares similares aos de um certo Sr. Grey. A diferença aqui é os outros sócios da boate têm grande participação na vida particular de Drake. Eles chegam a roubar a cena por diversas vezes. Inclusive, em alguns momentos, cheguei a gostar mais deles do que do próprio Drake.

Havia algo a respeito dela, e ele não entendia o que era.

Não é que eu não tenha gostado de nosso herói, mas não consegui sentir aquele amor eterno por ele, sabem? Enquanto os outros sócios me deixaram de joelhos, Drake me deixou com um pé atras. Eu tinha medo das reações dele, até porque tudo aqui acontece muito rápido. Drake decide que quer Evangeline como submissa literalmente da noite para o dia.

O que ele poderia querer comigo? Nós existimos em estratosferas diferentes. Não sou nada. Sou comum na melhor das hipóteses.

E pronto! Ele diz a todos que ela mora com ele, não vai mais trabalhar e é isso. Ah, muito legal, ele promete a ela uma vida de princesa e realmente cumpre. Todos os dias pela manhã tem uma joia mais cara que a outra no travesseiro pra ela. Claro que em troca ela tem que se submeter totalmente a ele, não só na cama. Ele dá todas as ordens em sua vida.

submissa maya banks

No início, fiquei meio enlouquecida lendo, meio viciada. Queria demais saber o que iria acontecer, os personagens são muito profundos e misteriosos o que instiga o leitor a não largar a história. Mesmo tendo muitas descrições e os personagens se demorando demais em algumas analises a respeito dos próprios sentimentos, a história é muito empolgante.

Porque você a quer como nunca quis mulher alguma.

Porém, tem uma cena que me quebrou. Uma que eu não consegui aceitar, porque não condiz com a personalidade possessiva de Drake. Quer dizer, ele pensa de forma possessiva, mas não age de acordo. E essa cena foi muito contraditória pra mim. Claro, com certeza mutas de vocês vão gostar, mas estou aqui dividindo com vocês o que eu senti. Só isso. Acho que sou muito romântica pra esse tipo de coisa…

Isso estava realmente acontecendo com ela? Como ela foi cair na notória toca do coelho em uma realidade alternativa?

Pra quem adora uma história bem hot com cenas muito fortes, esse aqui é um livro perfeito. A história é empolgante e prende o leitor. Curti os personagens, as cenas e as situações, tirando apenas essa que me referi acima. Talvez por causa dessa cena eu tenha terminado o livro meio que sem saber o que pensar sobre ele. Mas isso não quer dizer que o livro seja ruim, eu gostei, só não amei.

submissa maya banks

Bom, como a história entre Drake e Evangeline continua sendo contada em mais um livro, espero mesmo que essa cena que eu particularmente não gostei, não se repita na continuação. 😉 Submissa é o livro 1 da série The Enforcers, da autora Maya Banks.

Submissa

Maya Banks

The Enforcers, livro 1

Editora Gutenberg (no Brasil)

Classificação: ★★★☆☆(3)

 

Amores, pra quem ficou em cólicas pra ler também, tem umas promoções legais aqui:

Livraria da Travessa  Livraria Cultura Livraria da Folha

E aí, quem já leu Submissa sabe qual a tal cena que a blogueira aqui não curtiu? É uma situação que o Sr. Grey nunca permitiria acontecer com a Anna…. é muito Peça-me o que quiser , da Megan  Maxwell, para o meu gosto. Li, mas não sou nem um pouco fã dessa série da Megan.

Bjos 1000!

Jaque

Jaque

Carioca, casada e apaixonada por livros. Lê de tudo, mas prefere romances.Totalmente Disney Freak, ama tudo que a Disney produz. O apertamento onde mora quase não comporta o tamanho do amor pelos livros (agora compra mais e-books), até porque, metade de mim ama ler e a outra metade está ali com um livro na mão.

"...as lost as Alice as mad as the Hatter"
Jaque

12 Comentários

  1. Francislene Feltre says:

    Jaque, boa tarde!

    Já li alguns livros da Maya Banks, em especial a série Sweet, a qual gostei muito, tem muito BDSM, e realmente a narrativa dela é muito boa. Sempre recomendei seus livros. Com a sua indicação vou antecipar também essa leitura.
    Ah! gostaria muito que você pudesse relacionar outros livros do gênero, conforme você citou em sua resenha.

    • Jaque
      Jaque says:

      Oiii Fran! (já me sentindo intima!)
      Nossa, leia sim e volte pra me contar o que você achou, vou amar saber!
      Já tem vários titulos desse gênero classificados aqui no blog, clica aqui na tag Romance Hot.
      Bjos 1000!

      • Francislene Feltre says:

        Oi Jaque, (pode sim se sentir intima)
        Terminei o livro com água na boca, gostei muito e, vou lhe confessar, como também adorei a série Peça-me o que quiser (li todos) achei surpreendente a inclusão desta cena no livro, talvez por ele ser tão possessivo mas, no meu ponto de vista encaixou com a história. Estou muito ansiosa para poder ler a sequência desta série. Tomara que logo, lo seja possível.

        1000 beijos

        • Jaque
          Jaque says:

          Oiii Fran!!!! (então agora já sou intima!😍 )
          Sabia que os fãs da série Peça-me o Que Quiser iam adorar essa cena! Fico muito feliz em saber que você gostou e mais feliz ainda por você voltar aqui e me contar. Obrigada, você fez uma blogueira feliz!
          Vamos torcer para que o segundo saia logo.
          Obrigada pelo carinho, minha linda.
          Bjos 1000!

  2. Regina says:

    Oi Jaque

    Li toda a série e concordo com vc. Também não gostei dessa parte o livro pra mim foi razoável. Não recomendo. bjus
    Amo o seu blog

    • Jaque
      Jaque says:

      Oiii Regina!
      AHHHHHHHH! Obrigada por me responder falando sobre isso! Nossa, fiquei mesmo muito incomodada com essa cena, mas do restante do livro não posso reclamar.
      Obrigada pelo carinho, minha linda, amei falar com você.
      Bjos 1000!

  3. lurdes santos says:

    Jaque sou uma leitora muito assídua, minha paixão mesmo. Fique apaixonada pelo o livro submissa de Maya Banks, você sabe dizer se o próximo livro já esta disponível? Acho que não tenho estruturas para aguentar esperar tanto pelo o próximo 😓

    • Jaque
      Jaque says:

      Oiii Lurdes!
      Poxa, infelizmente ainda não temos informações sobre o lançamento do segundo livro por aqui. Estou me segurando pra não comprar em inglês mesmo.
      Bjos 1000!

    • Jaque
      Jaque says:

      Oiii Dahy! (já me sentindo íntima!)
      Poxa, senti exatamente isso quando li. Chega a dar uma tristeza mesmo.
      Bjos 1000!

  4. Lara Silva says:

    Você sabe quando é a previsão para lançarem o livro 2 em português? Ou se tem algum site que traduziu ele?

    • Jaque
      Jaque says:

      Oiiii Lara!
      Não temos informações da editora sobre o lançamento do livro 2. Estamos no aguardo também.
      Bjos 1000!

Deixe um Comentário