09/06/2017

[Resenha] Onze Leis a Cumprir na Hora de Seduzir – Sarah MacLean

Oiii Minhas pessoas lindas!

Chegamos ao fim de mais uma série linda da Sarah MacLean. Foi com esse pensamento que fui dar uma pesquisada nas resenhas dos livros da Sarah postadas aqui no blog. E não é que me surpreendi? Tem um número bem interessante de livros dela resenhados aqui no nosso cantinho. Clica AQUI se você ficou curioso.

Mas esse livro é especial pra gente, não só por ser o ultimo de uma série que resenhamos todos os livros, mas por ser o primeiro que recebemos em parceria com a editora Arqueiro. Muita lindeza junta… 😍 (*suspiros*) mas vamos parar de lenga lenga e falar do livro em si, né?!

Sigam-me os que amam um escândalo! (que nossa heroína não me ouça…)

Onze leis a cumprir na hora de seduzir Sarah MacLean

A paisagem a esquerda é o lago Serpentine, em Londres

Descrição
Juliana Fiori é uma jovem ousada e impulsiva, que fala o que pensa, não faz a menor questão de ter a aprovação dos outros e, se necessário, é capaz de desferir um soco com notável precisão. Sozinha após a morte do pai, ela precisa deixar a Itália para viver com seus meios-irmãos na Inglaterra.

Ao desembarcar no novo país, sua natureza escandalosa e sua beleza estonteante fazem dela o tema favorito das fofocas da aristocracia. Pelo bem de sua recém-descoberta família britânica, Juliana se esforça para domar seu temperamento e evitar qualquer deslize que comprometa o clã. Até conhecer Simon Pearson, o magnífico duque de Leighton.

O poderoso nobre não admite nenhum tipo de escândalo e defende o título e a reputação da família com unhas e dentes. Sua arrogância acaba despertando em Juliana uma irresistível vontade de desafiá-lo e ela decide provar a ele que qualquer um – até mesmo um duque aparentemente imperturbável – pode ser levado a desobedecer as regras sociais em nome da paixão.

Meus amores, Onze Leis a Cumprir na Hora de Seduzir é o terceiro e último livro da série Os Números do Amor (muitos snifs...), mas se você optar por ler a série fora de ordem não tem problema, super dá pra entender. Não aconselho muito, pois as histórias meio que se entrelaçam, mas se você não se incomodar com um spoiler ou outro, vá em frente. Ah, tem resenha sobe os outros livros da série AQUI.

Então vamos voltar a Londres do século XIX, e encontrar nossa italiana Juliana. Pra quem não conhece a história, ela é a irmã (ilegitima) do marquês de Ralston, meu lindo Gabriel. Juliana está tentando se adaptar a vida em Londres, mas isso não tem sido nada fácil.

Onze leis a cumprir na hora de seduzir Sarah MacLean

Pelo numero de fotos vocês vão perceber que eu AMEI a capa. Editora Arqueiro arrasando mais uma vez.

A sociedade londrina preza a reputação acima de tudo, o que é péssimo para Juliana, pois ela tem como bagagem uma mãe escandalosa. A marquesa viúva de Ralston abandonou marido e filhos e fugiu para o continente, lá se casou com o pai de Juliana. Isso por si só já é escândalo suficiente para a vida inteira de nossa querida heroína.

Ela quis mais do que podia ter.

Ela o quis, e mais do que isso…ela quis que ele a quisesse.

Em nome de algo maior do que a tradição, mais ousado do que a reputação, mais importante do que um título tolo.

Infelizmente, como se isso tudo não bastasse, é muito difícil para Juliana se adequar as leis dos ingleses. Ela sendo uma italiana de sangue quente, não consegue seguir normas de comportamento tão rígidas. Super entendo ela, acabei me identificando com Juliana, afinal, brasileiros e italianos tem muito em comum.

Bem, encontramos nossa querida Juliana tentando escapar de mais um “quase escândalo” só para se meter em outro, justamente com o duque de Leighton, ou mais conhecido como Duque do Desdém.

Onze leis a cumprir na hora de seduzir Sarah MacLean

O livro de capa azul é o primeiro da série, que é o que eu mais gosto até hoje.

Leighton e Juliana se conheceram lá no livro 1 (spoiler? não né?!) e o interesse de um pelo outro foi imediato. Infelizmente ele a desprezou quando soube quem Juliana era. Leighton não queria que nenhum escândalo manchasse sua reputação perfeita. Só isso já me fez desgostar dele… mesmo sabendo que ele tem sim motivos muito fortes para não poder se ver no meio de um escândalo, não consegui gostar dele.

Vejam bem, Leighton na verdade não tem muita culpa por ser do jeito que é. Ele foi criado para carregar o peso de seu título nos ombros e isso quer dizer viver uma vida sem emoções, sem paixões. De acordo com sua mãe, as “emoções são para as massas”.

A garota era vulgar e impossível, era tudo o que ele não conseguia suportar em uma mulher.

Mas era fascinante.

Mesmo sabendo disso, torci para que Juliana se interessasse por um outro lorde que eu já adorava desde o primeiro livro, do tipo “estou torcendo pra eles, mas meu coração sabe que é errado”. Tudo isso porque não consegui simpatizar com Leighton de forma alguma. E as coisas só pioraram pra mim quando Juliana propôs ao duque um desafio. Desafio esse de mostrar que uma vida de paixão valia a pena ser vivida.

Onze leis a cumprir na hora de seduzir Sarah MacLean

Aqui temos os livros 3 e 2, nessa ordem.

Pra não dizer que detesto Leighton até hoje, ele tomou algumas atitudes que o redimiram aos meus olhos. Mas não a ponto de eu me apaixonar por ele. Acho que fiquei muito a favor de Juliana para gostar do duque. #teamJuliana

Amei nossa mocinha, mas quem me fez mesmo amar o livro foram os personagens dos livros anteriores da série. Todos eles aparecem aqui e rendem cenas excelentes, com diálogos divertidos e apaixonantes. Foi lindo ver como está a vida de todos eles e participar das novidades, vibrei e e me emocionei novamente com esses meus antigos queridinhos.

Ela se virou e aproximou-se dele, os seios quase tocando seu peito. O ar ficou pesado entre os dois, e ele foi inundado pelo aroma dela – groselha e manjericão. O mesmo aroma que ele sentira meses atrás, antes de descobrir sua verdadeira identidade. Antes que tudo mudasse.

Onze leis a cumprir na hora de seduzir Sarah MacLean

Aqui vamos entender o quão a sociedade londrina do inicio do século XIX era cruel com aqueles que não seguiam as normas de conduta e também vamos perceber o quão libertador não ser um queridinho na nobreza pode ser. Temos cenas lindas e bem escritas aqui, Sarah consegue envolver o leitor na história e acabamos nos tornando parte dela.

Nunca em sua vida você levou o futuro em consideração, não é? Nunca imaginou o que viria a seguir.

Realmente senti que estava as margens do lago Serpentine (vendo um escândalo acontecer...) e depois, presente nos salões de baile vendo os casais dançarem ou conspirarem contra aqueles que não são considerados dignos de estarem ali. Visitei modistas francesas e vi uma duquesa ser enfrentada, enfim, a leitura foi pontuada por momentos maravilhosos. Nossa querida Sarah não poderia ter escolhido forma melhor de encerrar essa série tão querida.

Onze Leis a Cumprir na Hora de Seduzir é o livro 3 e último da série Os Números do Amor, da autora Sarah MacLean. Esse livro foi fornecido em parceria com a editora Arqueiro.

Onze Leis a Cumprir na Hora de Seduzir

Os Números do Amor, livro 3

Sarah MacLean

Editora Arqueiro

Classificação: ★★★★☆ (4)

Amores, pra quem ficou com vontade de ler, tem essa lindeza em promoção aqui:

Livraria da Travessa  Livraria Cultura Livraria da Folha

Agora chegou a hora de vocês fazerem uma blogueira feliz deixando um comentário aqui em baixo pra mim, amo muito falar com vocês.

Bjos 1000!

Jaque

Jaque

Carioca, casada e apaixonada por livros. Lê de tudo, mas prefere romances.Totalmente Disney Freak, ama tudo que a Disney produz. O apertamento onde mora quase não comporta o tamanho do amor pelos livros (agora compra mais e-books), até porque, metade de mim ama ler e a outra metade está ali com um livro na mão.

"...as lost as Alice as mad as the Hatter"
Jaque

2 Comentários

  1. Eliane Moreira says:

    Oi Jaque!!! Amei sua resenha. Gostei da Juliana já no primeiro livro… italiana se sangue quente. Li os outros dois e o primeiro pra mim foi o melhor. Agora vou ler este pra terminar a série. Beijos 😘

    • Jaque
      Jaque says:

      Oiii Eliane!
      Muito obrigada pelo carinho, fico muito feliz em saber que você gostou da resenha. Você fez uma blogueira feliz hoje. 😍
      Mesmo já tendo lido toda a série, o primeiro livro ainda é o meu preferido também.
      Obrigada!
      Bjos 1000!

Deixe um Comentário