28/10/2016

[Resenha] Novembro, 9 – Colleen Hoover

Oiii Pessoas mais lindas!

Como vocês estão? Tudo bem? Espero que sim.

O mês mais lindo do ano está acabando, muitos snifs! Por isso, eu até que podia ter esperado até novembro pra falar sobre esse livro aqui, mas não dá né? Não consigo esperar e tipo, eu já tinha comprado Novembro, 9 em inglês há um tempinho, mas só agora que parei pra ler. Não aguentei e tive que vir correndo falar sobre ele pra vocês. Ainda mais porque aqui tive um insight! Depois de ler Novembro, 9, cheguei a conclusão de que meu relacionamento com os livros da Colleen é, no mínimo, curioso. Mais a frente eu conto como cheguei a essa conclusão.

Ah, mas deixa eu só antecipar pra vocês que vou contar bem pouco sobre a história em si, esse livro perde a graça se a gente souber o que esperar dele.

Então, nos vemos em Novembro, 9. (Não! Não vão embora! #blogueiraPiadista)

november-9-eng-2

Amores, a capa em português é igual a essa.

Descrição
Autora número 1 da lista do New York Times retorna com uma história de amor inesquecível entre um aspirante a escritor e sua musa improvável.
Fallon conhece Ben, um aspirante a escritor, bem no dia da sua mudança de Los Angeles para Nova York. A química instantânea entre os dois faz com que passem o dia inteiro juntos – a vida atribulada de Fallon se torna uma grande inspiração para o romance que Ben pretende escrever.

A mudança de Fallon é inevitável, mas eles prometem se encontrar todo ano, sempre no mesmo dia. Até que Fallon começa a suspeitar que o conto de fadas do qual faz parte pode ser uma fabricação de Ben em nome do enredo perfeito. Será que o relacionamento de Ben com Fallon, e o livro que nasce dele, pode ser considerado uma história de amor mesmo se terminar em corações partidos?

Amores, acho que fiz um meio suspense lá em cima né? Parece que dei a entender que não gostei da história, mas não é nada disso. Eu gostei sim, muito, só que acabei percebendo que meu padrão de leitura dos livros da CoHo não se mantém estável. Tipo, o ultimo livro dela que eu li antes desse aqui me deixou sem ar, enlouquecida pela história e com uma ressaca literária que durou semanas. Até hoje eu ouço as músicas do livro. Esse livro maravilhoso foi Talvez um Dia, tem resenha sobre ele AQUI, vai lá conferir que eu espero você voltar.

Ah! Voltaram, né? 😂Comi palhacitos hoje… #blogueiraPiadista Então, já Novembro, 9 não conseguiu arrancar tantos suspiros meus assim. Pior que aqui tem tudo que eu mais amo em um romance, aquela velha história do amor que vence o tempo e tals. Isso por si só já devia ter me feito morrer de amores eternos.

Aqui vamos ter dois personagens que possuem seus dramas e traumas particulares muito presentes, um deles veste seu trauma na pele. Fallon sobreviveu a uma incêndio que a mudou para sempre e que deixou cicatrizes permanentes em seu corpo. Todos sabem como uma coisa assim abala a autoestima de uma adolescente e com Fallon não foi diferente.

Ele não tem consciência de suas muitas falhas, enquanto as minhas são o ponto focal da minha vida. Minhas falhas são o que me acordam de manhã e o que me mantem acordada toda noite.

Até que um dia Ben aparece em sua vida e ele é o mais perfeito modelo de namorado literário. Isso é muito legal na história, já que Fallon é gente como a gente, ela ama livros de romance. #somosTodasFallon E mais legal ainda é que Ben quer ser escritor, o que faz deles perfeitos um para o outro não? A gente vê isso logo nos primeiros capítulos, mas infelizmente não está tão claro assim para eles… E por mais que o envolvimento inicial deles seja assim tão lindo, Fallon acha que eles são muito novos para assumirem um compromisso tão sério.

november-9-eng-3

Mas sério. Essa atração feminina pelos machos-alpha me desanimam um pouco, porque eu não sou nada parecido com caras dos livros que você lê.

É. Você é melhor.

Primeiro porque Fallon não deseja ter um namorado até os 23 anos, eles dois ainda tem 18, e ela prometeu a mãe que não se envolveria com alguém antes de conhecer a si mesma. Segundo porque ela está de mudança para Nova York e, considerando que eles atualmente moram em Los Angeles, isso significa que Fallon está se mudando para o outro lado do país.

“Diga-me uma coisa,” ele diz. “Numa escala de um a dez, o quão digino-de-livro foi nosso primeiro beijo?”

Então, Ben sugere que eles se encontrem uma vez por ano até ambos terem 23 anos. Ele a ajudaria a ser mais autoconfiante e, em contra partida, esse arranjo entre eles seria a inspiração para que ele começasse a escrever seu primeiro livro. Essa é a parte mais romântica e linda da história. Amei demais essa coisa de que eles teriam que esperar um ao outro e o possível amor deles deveria vencer a barreira mais difícil da vida, o tempo.

“Algumas vezes a noite, eu reescrevo as conversas que tive durante o dia, mas eu as modifico para que elas reflitam tudo aquilo que eu desejava ter dito no momento.”

Amores, amei a dinâmica da história, os personagens, os amores, os segredos, tudo mesmo. Eu lia acompanhando o índice do livro para saber quantas páginas faltavam em cada capitulo, pra saber o que eu poderia ou não esperar deles dois, porque é muito surreal ler sem saber quanto tempo eles vão ficar sem se ver. Eu morria de curiosidade pra saber o que tinha acontecido com eles durante todo aquele ano que eles viveram separados. Foi lindo e envolvente ir se apaixonando pouco a pouco por eles.

Você jamais conseguirá se encontrar enquanto estiver perdida em outra pessoa.

Mas por mais que eu tenha sim amado a leitura, ela não foi como alguns outros livros da CoHo em que eu me desesperei lendo sem conseguir parar para respirar e, quando eles terminaram, a ressaca literária foi enorme. Aqui  em Novembro, 9 eu li com empolgação, mas não com desespero. E eu amo um desespero….

“Eu vi comentários a respeito de como os leitores fariam qualquer coisa para tornar os namorados dos livros reais. E aqui estou eu, convencida de estar nos braços de um deles, e prestes a me afastar dele.”

Ah! Um dos pontos altos do livro é que um dos casais mais fofos dos romances da CoHo (um daqueles que eu li amando a sofrência) aparece aqui. Morri de amores! Tate e Miles (de O Lado Feio do Amor, tem resenha apaixonada sobre ele AQUI) fazem uma ponta aqui, “para a nossa alegria”.

november-9-eng-1

Então, pessoas lindas, não fiquem com a impressão de que eu não gostei ou não indico a leitura, eu amei e super indico essa lindeza sim. Ele é apaixonante, romântico, encantador e com personagens muito reais que fazem a gente parar para se colocar no lugar deles e pensar “O que eu faria?”. Típico da nossa linda CoHo.

Novembro, 9

Colleen Hoover

Editora Galera (no Brasil)

Classificação: ★★★★☆(4)

Amores, tem Novembro, 9 em português aqui:

Livraria da Travessa  Livraria Cultura
Livraria da Folha Submarino

Pessoas lindas, contem pra mim o que vocês acharam de Novembro, 9. Vocês esperariam por um amor durante anos? Quem não adoraria viver uma história assim?

Bjos 1000!

Jaque

Jaque

Carioca, casada e apaixonada por livros. Lê de tudo, mas prefere romances.Totalmente Disney Freak, ama tudo que a Disney produz. O apertamento onde mora quase não comporta o tamanho do amor pelos livros (agora compra mais e-books), até porque, metade de mim ama ler e a outra metade está ali com um livro na mão.

"...as lost as Alice as mad as the Hatter"
Jaque

14 Comentários

  1. Carolina Barreto says:

    Oii Jaque! Só li dois livros da Colleen, Talvez Um dia (amor eterno com o livro e as musicas) e O Lado Feio do Amor (que emoção saber que esses dois fazem uma pontinha), e amei os dois! Fiquei feliz que a versão em português já foi lançada aqui no Brasil e pretendo ler em breve, Ah, sua resenha de de It End With Us me deixou muuuuito empolgada (tentei seguir seu conselho de nao ler a sinopse nem nada do livro mas não consegui rsrs) pena que não não há previsão de lançamento por aqui! Com certeza pretendo ler tudo que a CoHo lançar!

    • Jaque
      Jaque says:

      Oiii CaroLinda!
      Você só leu os dois livros dela que eu mais amo! Talvez Um Dia e O Lado Feio do Amor são os melhores livros dela que eu já li. Os outros são ótimos, mas esses dois são meus queridinhos.
      Ah! Eu pedi pra não ler a descrição em It Ends With Us, mas é muito difícil mesmo não ler. rsrsrs
      Fiquei tao feliz lendo seu comentário! Você é um amor. Muito obrigada.
      Bjos 1000!

    • Jaque
      Jaque says:

      Oiii Mayara!
      Se você ainda não conhece nenhum livro da CoHo, leia primeiro Talvez Um Dia (falo sobre ele AQUI) ou O Lado Feio do Amor (tem resenha AQUI), que são os livros dela que eu mais amo na vida. Todos os que eu resenhei são bons, mas esses dois são os meus queridinhos.
      Ah, e não esqueça de vir me contar o que você achou das leituras. Obrigada por sempre passar aqui e deixar uma mensagem pra mim.
      Bjos 1000!

  2. Leila Maciel says:

    OI, Jaque! Como sempre adorei sua resenha 🙂 Nunca li nada da Colleen ( mais uma autora que nunca li e tenho vontade mas não sei quando irei), mas acho que se fosse ler esse livro também ficaria como vc lendo e indo até o índice para saber o momento do reencontro deles hahaha #SouDessas

    Bjs

    • Jaque
      Jaque says:

      Oiii Leilinha, minha linda!
      Como sempre, amei seu comentário! Olha, se você ainda não leu nenhum livro da CoHo, eu indicaria que você começasse pelos dois livros dela que são os meus queridinhos, Talvez Um Dia (falo sobre ele AQUI) ou O Lado Feio do Amor (tem resenha AQUI). Esses vão fazer você virar fã dela.
      Obrigada pelo carinho, minha linda.
      Bjos 1000!

  3. Angelica Damasceno says:

    olá, vi seu blog em primeiro lugar no Blogs brasil, e resolvi dar uma passadinha aqui. Eu já tinha lido uma resenha desse livro November 9, e a sua deu mais vontade aind de ler… bjbj

    amantesdejaneausten.blogspot.com.br

  4. michelly says:

    Jaquelinda (jaque+linda) kkkk Confesso que ainda nao li este livro, entreguei agora a noite desesperada no seu blog para procurar a resenha de hopelles (um caso perdido) pois precisa desabafar só q percebi q nao tinha resenha dele aqui (ai pensei Oi?? jaquelinda não leu este livro???? Preciso gritar desabafar q ela precisar ler preciso compartilhar essa sensação maravilhosa que estou sentindo com ela, quero que ela ame tanto quanto eu! Sim jaqueee não é possivel como assim Jesuuuuus?????? minha blogueira que arrebenta e sai #lacrando nas resenhas precisa ler kkkkkk) ufaaa #desabafei sinto me até mais levinha kkk então vamos lá já tinha uns 2 meses que nao lia nada da Coho, este livro estava na lista mais sempre enviava pro final da fila nunca me chamou a atenção só q Coho é sempre Coho acho as escrita dela sempre uma surpresa agradavel me deixando com ressecas literarias de dias com exeção de never&never q não gostei e metrica q não sai das primeiras paginas até tento retorna a leitura mas ainda não tive animo em compesação os outros foi leituras que ficaram marcadas pra sempre no meu coreee por isso os livros dela sempre procuro colocar na minha lista de leituras atéeee que ontem eu resolvir ler esse bendito hopeless eu simplesmente devorei o livro quando percebi já tinha acabado eu tinha acabado de ler uma serie pesadissima que é bang black lotus estava acabada foi uma leitura q foi muito dificil chegar até o final da serie com um tema fortissimo recomendo para mulheres cabra machos kkk e precisava ler algo mais leve para acalmar meu coração o mais engraçada é q descobri no decorrer da leitura q é temas semelhantes não posso da spoleer mas é sensacional é um livro muito bem trabalhado , personagens originais apaixonantes tem um suspense que só a Coho conseguer fazer para nos prender que quando vemos estamos devorando as paginas, foi um livro emocionalmente dificil, mas de uma forma linda que vc chega a suspirar de tanto amor e delicadeza e tem as partes engraçadas que todas nós meninas se identificamos, o mocinho haaaaa nem sei descrever meu novo crush da vida ele é uma delicia preciso dizer que o mundo precisa de mais mocinhos literarios como ele kkk, acabei de ler com uma sensação tão gostosa e com uma certeza CoHo me supreendeu mais uma vez! enfimm Jaquelinda a essa altura ou vc desistiu de ler meu comntario gigantesco ou nao aguenta mais ler ele, mas precisava compatilhar com vc , era um dever por tantas indicações e resenhas de livros maravilhoso que vc me indicou e precisava te indicar esse também espero que um dia vc leia e sinta se assim como eu, e quando resenhar vou sair correndo e comentar de novo no post e comentar trechos de tirar o folego mas nao posso pois não quero da spoleer kkkkkk beijos sua lindaa

    • Jaque
      Jaque says:

      Oiii Michelly, minha florzinha!
      Olha, CLARO que li seu comentário todo e amei demais da conta. Imagino o que você esta sentindo em relação a Hopeless, e fiquei mega triste por não ter lido ainda. Prometo que em dezembro vou ler e resenhar especialmente pra você. Meu coração se derreteu quando você escreveu “minha blogueira que arrebenta e sai #lacrando nas resenhas precisa ler“. Mimina, to toda boba aqui! E fiquei ainda mais chateada porque eu tenho Hopeless, você acredita?! Estou bege por não ter lido um livro que deixou você assim tão estasiada.
      Então, espero muito que você volte e comente quando eu resenhar Hopeless.
      Obrigada mesmo pelo carinho e por escrever essa mensagem tão linda e carregada de sentimentos. Vou guardar suas palavras no meu coração.
      Muito obrigada mesmo.
      Bjos 1000!

  5. Renata Alves says:

    Jaque minha flor estou a quase 2 horas lendo seu blog sem parar já te quero como amiga eu sou a Renata pode me chamar de Rê !
    Devorei tudo o que você escreveu sou fã da Abbie Glines vou ler todos os livros que você indicou parabéns você é brilhante também sou piriguete literaria assumida eu sou loucaaaaaaaa !!!!!!!!! o pelos irmãos Madoxx da série Belo Desastre, eles entre outros como os incriveis personagens da Abbie Glines de Rosemary beach.Vou ler os livros da CoHo tô ansiosa.
    Ps: Perdão pelos erros ortográficos eu estou empolgada.
    Desde já obrigada pelo blog e por você ser tão especial feliz 2017 !

    • Jaque
      Jaque says:

      Oiii Rê (já me sinto intima, amiga! #souDessas)
      Eu que peço um milhão de perdões por demorar para responder esse seu comentário LINDO! Estou encantada por saber que você gostou tanto assim do nosso cantinho! Imagine a blogueira com um sorriso tão largo que as orelhas estão batendo palmas dentro da boca, de tanta alegria. É maravilhoso conversar com alguém que ame tanto quanto eu essas histórias. Meu coração está até batendo mais forte.
      Eu que agradeço por você ter me escrito uma mensagem tão especial! Obrigada mesmo pelo carinho, amei demais seu comentário.
      Bjos 1000!

  6. Anna says:

    Menina, o que é isso que acontece com a CoHo? Amo seus livros, me apaixono mais a cada casal que entra em cena. Terminei November 9, essa semana e mais uma vez, caí de amores, depois de uma crise de ódio, passageiro, é claro. Acho a CoHo demais, sua escrita é bem fluida, então, leio um livro atras do outro, esse é o quinto livro dela que eu leio. Acabo de começar Never Never e já estou em pânico…
    Já tenho mais seis livros dela na estante, como diz a Fallon: PSL 😉
    Amei sua resenha!

    • Jaque
      Jaque says:

      Anna, também estou tentando entender! A gente começa a ler e, quando menos espera, já está morando dentro da história. Amo!
      Olha… Never Never… Resenhei os dois primeiros… Me conta o que você achou? Essa série mexeu muito comigo.
      Muito obrigada pelo carinho, fico muito feliz por você ter gostado da resenha.
      Bjos 1000!

Deixe um Comentário