16/09/2016

[Resenha] Cilada para um Marquês – Sarah MacLean

Minhas pessoas lindas,

No tutorial de hoje vou ensinar vocês a serem felizes e a passarem horas com um sorriso bobo no rosto em apenas dois passos:

Passo 1 – Abra o livro Cilada para um Marquês;

Passo 2 – Comece a ler e pronto, você já é feliz!

Esse seria o início do post de hoje se eu fosse um blogueira de moda, coisa da qual passo longe (mas amo os blogs de moda). #blogueiraPiadista Só que esse livro é tão fofo e tão divertido que eu tive que começar a resenha fazendo uma graça. #souDessas

Deixando os palhacitos que comi antes de começar a escrever a resenha de lado… ou não, já que estou tentando fugir da minha sina de blogueira Desdivertida….  Ah, boa essa né? Vem comigo que eu conto de onde saiu essa palavra (que vou trazer pra vida, já que também adoro inventar palavras). Pode deixar que vou tentar não babar muito na resenha pra não molhar vocês, amores.

Sigam-me os divertidos!

cilada-para-um-marques-pt-eu

Nessa foto vocês podem ver que a blogueira já seguiu o tutorial e deu super certo, né?

Descrição:

“De todas as bobagens incríveis que ele já tinha visto as mulheres fazendo ao longo de sua vida, aquela era, sem dúvida, a pior.”

Sophie Talbot é conhecida pela Sociedade como uma das Irmãs Perigosas – mulheres Talbot que fazem de tudo para se arranjar com algum aristocrata. O apelido chega a ser engraçado, pois se existe algo que Sophie abomina é a aristocracia. Mas parece que mesmo não sendo uma irmã tão perigosa assim, o perigo a persegue por todos os lugares.

Quando a mais “desinteressante” das irmãs Talbot se torna o centro de um escândalo, ela decide que chegou a hora de partir de Londres e voltar para o interior, onde vivia antes de seu pai conquistar um título. Em Mossband, ela pretende abrir sua própria livraria e encontrar Robbie, um jovem que não vê há mais de uma década, mas que jura estar esperando por ela.

No entanto, ao fugir de Londres, seu destino cruza com o de Rei, o Marquês de Eversley e futuro Duque de Lyne, um homem com a fama de dissolver noivados e arruinar as damas da Sociedade. Rei está a caminho de Cumbria para visitar o odioso pai à beira da morte e tomar posse de seu ducado. Tudo o que ele menos precisava era de uma Irmã Perigosa em seu encalço.

O Marquês de Eversley está convicto de que Lady Sophie Talbot invadiu sua carruagem para forçá-lo a se casar com ela e conquistar um título de futura duquesa. Já Sophie tenta provar que não se casaria com ele nem que fosse o último homem da cristandade. Mas e quando o perigo tem olhos verdes, cabelos claros e a língua afiada?

Essa viagem será mais longa do que eles imaginavam…

E vocês não sabem o dilema que estou enfrentando aqui! Não sei por onde começo a babar por esse esse livro, é muita empolgação pra começar a escrever. Falo primeiro que já li umas quatro vezes? Ou conto sobre a edição super caprichada da editora Gutenberg? Ah! Já sei, vou contar o que mais gostei e… não! Vamos por partes (first things first!), primeiro, como conheci o livro. (amores, libriana é assim, demora pra decidir as coisas. #sorry)

Há alguns meses atrás recebi um e-mail da linda editora Gutenberg perguntando se eu tinha interesse em ler a primeira tradução do livro, que na época ainda não tinha nem o título traduzido. (o livro veio pra mim com o nome original, em inglês, The Rogue Not Taken) Com o intuito de escrever uma frase sobre minha experiencia durante a leitura. Claro que sendo louca por romances de época e super fã da diva Sarah MacLean, super aceitei e amei demais a oferta.

cilada-para-um-marques-pt-4

Olha como a edição é cheia de detalhes!

Amores, comecei a ler e, logo nas primeiras páginas, antes do início propriamente dito da história, somos presenteados com um trecho do livro. Esse trecho conta uma futura interação entre os personagens principais e é tão sedutora e envolvente que faz a leitura ser incrível mesmo antes de começar. Tipo, a gente (eu…) começa a ler já querendo saber quando esse trecho vai se passar. Tanto que quando a história começou de fato, eu já estava shippando o casal há seculos.

“Felicidade! É esse o cheiro dos livros! Felicidade. Por isso que eu sempre quis ter uma livraria. Existe vida melhor do que vender felicidade?”

A história aqui se passa voltada aos escândalos publicados nos tabloides ingleses, e no centro desses escândalos está a família Talbot, mais propriamente as filhas da família Talbot, mais conhecidas como as “Irmãs Perigosas”. O Sr. Talbot, um homem que fez sua fortuna através das minas de carvão e não possui sangue azul, recebeu seu título de nobreza direto das mãos do príncipe, um escândalo por si só. Fato que contribuiu para que as meninas também tivessem mais um outro apelido, também conhecidas como “As Cinderelas Borralheiras”, visto que a fortuna da família era proveniente do carvão.

A família ficou conhecida pela sociedade como alpinista social e estava sempre nos jornais. Das cinco irmãs, apenas uma não tinha interesse na aristocracia, a mais nova, Sophie. Nossa heroína é a mocinha típica dos romances de Sarah MacLean. Uma mulher corajosa, boa, sem frescura, que não é voluntariosa e o melhor de tudo, o que faz eu mega me identificar com ela: ela é uma rata de biblioteca.

“Falando claramente, você pode ser um problema colossal, Lady Sophie, mas não é meu problema.”

Essa é uma das características da escrita da Sarah que mais me encantam, as mocinhas fortes (e leitoras). Enquanto as irmãs ganhavam sedas e perfumes de presente do pai, Sophie ganhava livros. #somosTodasSophie Como não amar uma mocinha que se esconde para ler sempre que pode (e quando não pode também)?

Sophie também tem mais uma característica que me fez virar fã dela de cara, ela é uma defensora de sua família. Sente-se extremamente irritada quando falam mal de suas irmãs pelas costas. Não que elas se importem, elas amam toda essa “atenção”. Sophie também é a única das irmãs que não está envolvida em nenhum escândalo.

“Tudo o que dizem sobre você é verdade”, ela disparou.

“Que parte?”

“A que diz que você não é um cavalheiro.”

Quer dizer, que não estava envolvida em nenhum escândalo até a festa da condessa de Liverpool. É nessa festa que ela conhece o marquês de Eversley, futuro duque de Lynn. Conhecido como o “Canalha Real” (um dos nomes dele é Rei…), ele possui uma reputação que o precede, escandaloso e perverso. Tem em seu currículo várias damas da sociedade arruinadas por ele. Inclusive, Sophie o conhece justamente quando ele fugia do quarto de mais uma donzela que ele acabara de arruinar.

Ela não ligava se ele a aprovava ou não. Nem ligava para o que ele pensava dela. Ou o que o resto do mundo tolo, horrível e insípido em que ele vivia pensava dela. Na verdade, se toda a Sociedade a considerava desdivertida, por que ela deveria se importar?

Agora, preciso fazer um adendo sobre o marquês e dizer o homem maravilhoso que ele é! Na verdade não é… quer dizer, ele tenta não ser maravilhoso e, por isso, caí feio de amores por ele. Feio mesmo! Eversley se esforça pra parecer o canalha que todos acreditam que ele seja e, por Deus, ele se comporta como tal. E quem não ama um canalha? Pior, como não se apaixonar por um personagem que faz a gente rir? Eu já estava me sentindo a adolescente apaixonada logo que ele apareceu. Foi amor (e riso) a primeira “lida”.

cilada-para-um-marques-pt-2

Como eu amei essa capa! Linda demais!

Mas voltando a história, Lady Sophie quase foi atingida pela bota de Eversley enquanto ele pulava do quarto de outra dama. Quando ele percebe quem ela é, de cara a insulta dizendo que de todas as irmãs Talbot ela é conhecida como a desdivertida (estão vendo, amores, como não amar o Rei?). Desesperada para voltar para casa e fugir do escândalo em que acabou de se meter, Sophie pede carona para o marquês, carona essa que ele nega de cara. E é aí que Lady Sophia acaba se metendo em mais um escândalo, quando toma a decisão de se vestir com a roupa do cavalariço e subir escondida da carruagem do marquês.

Lágrimas ameaçaram surgir com aquelas palavras. Não haverá nenhum outro homem. Nenhum outro amor, ela era queria gritar para ele. Ela era só dele. Para sempre.

Amores, a partir daí a historia só fica mais incrível a cada capitulo. Eversley e Sophie não gostam um do outro, especialmente porque ele acha que tudo é um plano de Sophie (sendo ela uma das Irmãs Perigosas) para se casar com ele. Mesmo assim, eles acabam sendo obrigados a conviver conforme a história vai se desenrolando. Durante essa aventura, vamos descobrindo os detalhes da história do marquês e, no meu caso, se apaixonando ainda mais por ele. E mesmo Eversley sendo tudo, menos um cavalheiro com Sophie, é apaixonante demais saber o que ele está realmente pensando por trás de cada ofensa, cada grosseria.

“Só porque você se autodenomina Rei, não quer dizer que mande em mim.”

“Nesse momento, eu mando”, ele disse.

“Você é tão arrogante. Estou quase morrendo só pra mostrar que você está errado.”

E o melhor, eles são mesmo hilários! Eu ri durante a leitura feito uma boba, saboreando suas ironias, o humor acido de Rei e a capacidade de rir da própria sorte, ou da falta dela, que Sophie tem. Não temos muitos personagens envolvidos aqui e a grande maioria dos diálogos é entre os dois principais e pra mim, isso deixou a história ainda mais deliciosa de ser lida. Acabamos fazendo parte da intimidade dos dois e conforme eles vão se conhecendo e, claro, se alfinetando pelo caminho, somos engolidos pela história.

Foi super difícil pra mim escolher as quotes pra por aqui na resenha. Primeiro porque são muitas, segundo que eu começava a ler a quote, me empolgava e quando me dava conta, já tinha lido umas trinta paginas sem perceber. A narrativa e a história em si são tão envolventes que a gente não sente o tempo passar.

“Eu também nunca disse que você era desinteressante.” Rei contestou.

“Não. Creio que você usou o termo desdivertida, que é ainda mais insultuoso, pois parece que eu sou tão entediante que preciso ser definida por uma palavra que até hoje não existia.

Ah, lembra que lá em cima eu contei que a editora Gutenberg me enviou a primeira tradução do livro antes da publicação e tals? Então, eu escrevi uma pequena opinião a respeito da história, e ela foi publicada na orelha do livro, junto com a opinião de outras blogueiras lindas. Tem uma foto aqui em baixo pra vocês verem.

cilada-para-um-marques-pt-quote

Status da blogueira: sentindo-se honrada.

E por falar em publicação, a editora super caprichou nessa aqui. Todo o livro possui a temática de colunas de jornal. Os capítulos e os seus títulos são todos nesses formato. Achei super caprichado e a capa (que foi escolhida em uma votação na pagina da editora no Facebook) é linda demais. O livro é maravilhoso por dentro e por fora. Parabéns, editora Gutenberg.

“Aqui tem uma biblioteca. Você gostaria que eu mostrasse ela para você?” Sophie lançou um olhar irônico para ele.

“Você está querendo me subornar com livros.”

“Vai funcionar?”

Pensando aqui, minha vontade é retomar aquele meu antigo plano de “dominação mundial” a la Pink & Cérebro (os ratinhos do desenho, lembram?) só pra fazer todo mundo ler esse livro. Sabe aquele livro que a gente lê, relê e quer que todos leiam também?  Pois é, por isso ele entrou para minha lista de #Queridinhos.

Com uma história mais do que apaixonante, envolvente e divertida, personagens maravilhosos e um romance irresistível, Cilada para um Marquês conseguiu um lugar super especial no meu coração. É um daqueles livros que a gente traz pra vida e fala sobre a história com um sorrisinho no rosto e aquela vontade de ler de novo. Ou seja, estamos falando de amor eterno aqui. #blogueiraInLove

cilada-para-um-marques-pt-1

Olha, amores, minha estante nova!

Cilada pra um Marquês é o livro 1 da série Escândalos e Canalhas, escrito pela diva Sarah MacLean. A série tem, até agora, dois livros publicados lá fora, com mais um sendo esperado para 2017.

Cilada para um Marquês

Escândalos e Canalhas, livro 1

Sarah MacLean

Editora Gutenberg

Classificação: ★★★★★ (5)

Bateu aquela vontade de ler essa lindeza? Clica aqui em baixo:

 

Livraria da Travessa  Livraria Cultura
Livraria da Folha Submarino

Minhas pessoas lindas, não sejam desdivertidas! Deixem um comentário aqui pra mim, amo falar com vocês.

Bjos 1000!

Jaque

Jaque

Carioca, casada e apaixonada por livros. Lê de tudo, mas prefere romances.Totalmente Disney Freak, ama tudo que a Disney produz. O apertamento onde mora quase não comporta o tamanho do amor pelos livros (agora compra mais e-books), até porque, metade de mim ama ler e a outra metade está ali com um livro na mão.

"...as lost as Alice as mad as the Hatter"
Jaque

24 Comentários

  1. Nataly Santos says:

    Jaque vou ler esse livro com certeza, parece ser um livro maravilhoso. Terminei recentemente de ler a série dos novas espécies e me apaixonei profundamente por ela. Obrigada por nos apresentar a livros maravilhosos amo seu blog cada dia mais. 😄😄😄

    • Jaque
      Jaque says:

      Oiii Nataly, minha linda!
      Ownnn! A série Novas Espécies é mesmo apaixonante, né? Ótimo saber que você gostou, pois como você sabe ela é uma querida minha, mas tem gente que não gosta do estilo e tals. Amei saber que você gostou.
      E esse livro aqui é muito especial mesmo! Assim que você ler, vem me contar tá?
      Eu que agradeço pelo carinho, amei falar com você, sua mensagem me deixou muito feliz.
      Obrigada.
      Bjos 1000!

  2. Carolina Barreto says:

    Os livros da Sara são muito apaixonantes e pelo visto esse não vai ser exceção. O formato de colunas de jornal no inicio dos capítulos lembra muito o da serie Love by Numbers e a do Clube dos Canalhas. Preciso ler imediatamente (olha sua operação Pink e Cérebro funcionando)!

    • Jaque
      Jaque says:

      Oiii Carolina!
      OBAAAAA! Operação Pink e Cérebro a todo vapor! 👏👏👏👏👏👏👏 #blogueiraFelizona
      Mas é isso mesmo, esse livro aqui não é exceção mesmo, minha flor. Ele se tornou meu livro preferido da Sarah (e olha que eu amo as séries que você mencionou). A gente que é fã dela pira com mais essa lindeza.
      Amei seu comentário e vou esperar você voltar pra me contar o que achou desse livro.
      Obrigada.
      Bjos 1000!

  3. Nayane says:

    Amei, amei a resenha, a sua descrição e empolgação me conquistou. O livro já foi arremessado para o topo da minha lista de desejos junto com as Cronicas arcanas de Kresley Cole.

    • Jaque
      Jaque says:

      Oiii Nayane!
      Pior que eu me empolguei mesmo escrevendo, né? Quando eu amo muito uma história as vezes é até difícil pra eu escrever, a empolgação é enorme. Sempre quero que vocês leiam, se apaixonem e tenham as mesmas emoções que eu. Que ótimo saber que você vai ler, então espero que você volte pra me contar sua opinião tá? Amo esse feedback.
      Já vou procurar sobre essas Cronicas que você falou, não conheço. #blogueiraCuriosa
      Obrigada pela mensagem, você não é nem um pouco desdivertida! 😍
      Bjos 1000!

  4. Leila Maciel says:

    Jaque, amei a resenha, e já estou com um sorriso bobo no rosto sem nem ter lido o livro. Não sei se conseguirem lê-lo mas se eu o fizer será por causa dessa resenha hilária kkkkk
    Bjs

    • Jaque
      Jaque says:

      Oiii Leilinha, minha flor!
      Que linda você! Eu que estou com um sorriso no rosto lendo seu comentário. Muito obrigada, amei saber que você gostou da resenha e quero muito que você leia e me conte o que você achou.
      Bjos 1000!

      • Leila Maciel says:

        Aww Jaque,linda é você 🙂 Vou fazer de dezembro o mês dos romances de época e já tenho dois na lista e quero colocar esse também. Agora só basta comprar rsrsrs.
        Assim que eu ler eu te aviso
        bjs

          • Leila Maciel says:

            Olha eu aqui de novo, eu te disse que voltaria! Terminei agorinha o livro e adorei. Menina, dei uma boas gargalhadas com esse dois e os diálogos deles, mas também tive vontade de estapear Eversley por algumas coisas que ele disse a Sophie. Falando nela, claro que adorei Sophie ela é legal, divertida, corajosa, dá uma réplica a altura quando Rei banca o idiota hehehe. Enfim, depois de ler esse vou procurar os outros livros da autora e esperar os próximos da série.
            bjs

          • Jaque
            Jaque says:

            Oiii Leilinha, minha flor!
            Fico toda feliz quando vejo seu nome por aqui. Ainda mais por você ter vindo aqui justamente me contar que adorou essa lindeza de história. Eles realmente fazem a gente rir, não é? Essa é uma das qualidades mais legais, pra mim.
            Obrigada por vir me contar que você gostou do livro, fico mega feliz em saber.
            Bjos 1000!

  5. Rafaela Gallassini says:

    Agora me diz!!
    Como não ler esse livro com uma resenha dessas?!?!
    Impossívellllll né….. rsrs
    Li (ops) devorei a série do Clube dos Canalhas sou apaixonada pelos romances da Sarah S2…
    ai ai… (suspiro)…
    Lista de desejos: Cilada para um marques (OK)
    Ahhh….
    felicidade = livros #verdadeverdadeira
    Ps:também quero uma livraria…rsrs

    bjos
    Rafaela 😀

    • Jaque
      Jaque says:

      Rafaela, minha linda, agora me diga VOCÊ como não amar um comentário tão fofo e divertido quanto o seu? A blogueira pira no amor! Assim como você eu devorei a série do Clube dos Canalhas, então tenho certeza de que você vai amar muito esse aqui. Assim como eu!
      Ah, por isso que eu disse que #somosTodasSophie, porque ter uma biblioteca é o sonho de todas nós. 😍 Olha, amei demais seu comentário, respondi com um sorriso no rosto. Obrigada!
      Bjos 1000!

      Ps.: volta pra me contar o quanto você amou o Rei assim que terminar de ler, tá?

      • Rafaela Gallassini says:

        Voltei pra dizer que amei!!!!😍
        Realmente a edição é muito 10, amo ler mas também curto umas ………”figurinhas “…rsrs as páginas são muito criativas… Essa história, é daquelas que vc não vê a hora de terminar…🙊🙊mas conforme vai chegando ao fim, começa a economizar….😊lê uma página. ..olha pro horizonte e continua…#soudessas..😂😂😂 e o Rei é tão fofo que mesmo ele tentando ser “ruim” não dá pra não ama-lo…😍👑
        Ansiosa para o número II 💖💖

        PS: Quero um autógrafo dessa blogueira 🔝,com as resenhas 🔝 , no meu livro..📖😍
        Bjos aqui do Sul…😙😙
        Rafaela

        • Jaque
          Jaque says:

          Rafaela, minha flor, VOCÊ VOLTOU! OBAAAAAA! \o/ 😍
          Só de ler a primeira linha do seu comentário eu já dei pulinhos de alegria! 👏 Meu coração se enche de emoção por saber que você gostou do livro. Nossa, super concordo com você em gênero, número e grau. O Rei é tudo né?
          Muito obrigada mesmo por tanto carinho. Amei demais falar com você e saber sua opinião.
          Bjos 1000!

          Ps.: ai… autografo… 🙈🙈🙈🙈🙈 só você mesmo, minha linda.

  6. Joice says:

    Definitivamente, suas resenhas nunca serão desdivertida! Amo cada uma delas😍😍 Vou ler esse livro com certeza! Bjs😘

    • Jaque
      Jaque says:

      Oiiii Joice!
      Minha linda, dá pra ver o tamanho do meu sorriso daí? Não? Mas olha, pode ter certeza que meu sorriso está enorme como o do gato da Alice, o Cheshire, enquanto responde esse seu comentário tão fofo. Fico mega feliz em saber que você gosta tanto assim das resenhas. Eu amo escrever e amo mais ainda falar com vocês. Muito obrigada pelo carinho.
      Como você já sabe, vou esperar você vir me contar o que achou dessa lindeza de livro!
      Bjos 1000!

      • Joice says:

        Jaqueeeee, você está acabando com as minhas noites de sono!!😴😍
        Li esse livro lindo e completamente DIVERTIDO, agora quero andar em carruagens com roupa de criado, comer tortas de morango e empurrar canalhas em um lago, se bem que trocaria tudo isso pra ter um Matthew and filhas cheinho de felicidade!❤📚❤!
        Bjs lindezureza (olha isso😱 uma palavra que nem existe no dicionário…ainda 😉).
        😘😘😘
        PS: Também trocaria tudo isso por um certo Aloysius.❤ (haha)

        • Jaque
          Jaque says:

          Oiii Joice!
          Me chama pra andar de carruagem com roupa de criado e comer tortas de morango com você? Por favor! Nunca te pedi nada! Depois de viver essa aventura, a gente ainda pode tentar encontrar um Matthew para você, até porque, ele também é um sonho.
          Brincadeiras a parte, desculpa, mas amei saber que você perdeu o sono lendo essa lindezura (olha eu usando suas palavras!), essa é minha missão de vida. Obrigada por voltar e me contar que você gostou dessa história linda. Amei demais saber que você gostou, muito obrigada.
          Bjos 1000!

  7. Isa says:

    Só vocês pra acabar com a minha ressaca literária… toda vez q estou com uma busco pelo blogue… e como tbm sou libriana tem sérias chances de eu me apaixonar por este livro… obrigada ❤

    • Jaque
      Jaque says:

      Oiii Isa!
      Também sou dessas, curo uma ressaca literária com outro livro, que normalmente me deixa outra ressaca, mas tá beleza! 😂 Amo saber que vocês está sempre por aqui, obrigada!
      Tenho certeza de que você vai amar Cilada para um Marquês. Volta pra me contar tá?
      Bjos 1000!

Deixe um Comentário