05/02/2016

[Resenha] O Leão Ferido – Mia Sheridan

Oiii Pessoas lindas!

Sei que já falei isso por aqui (só umas trocentas vezes), mas tem como não amar muito quando o autor lança a versão do herói para uma história que você já é mais que apaixonada? Atrevo-me a dizer que esse é um dos tipos de livro que eu mais amo ler. #souDessas
Então vocês já imaginam como foi pra mim a leitura de O Leão Ferido, a versão do Leo para O Coração do Leão. Felicidade define!

Vem comigo babar em cima dessa história linda…. Ah, mas se você não leu o primeiro, pode ir clicando AQUI para conferir a resenha de O Coração do Leão, uma das resenhas mais especiais que já escrevi aqui no blog.

O Leao Ferido pt

Baixei a amostra enquanto meu livro físico não chega… amo muito!

Sinopse:

Cada livro da coleção Signos do Amor é inspirado nas características de um signo do Zodíaco. Esta história se baseia na mitologia de Leão e fala sobre as segundas chances que a vida nos dá.

Leo se apaixonou por Evie quando os dois ainda eram crianças, no lar adotivo temporário em que viviam. No futuro difícil que parecia guardado para ele, a única certeza de seu coração era que nada jamais o afastaria daquela garota.
Mas, na adolescência, ele foi adotado e teve que se mudar para outra cidade. Durante oito anos eles ficaram afastados contra a vontade e, nesse tempo, Leo precisou superar muitos obstáculos – sobretudo os problemas criados pela mãe adotiva – para se tornar o homem que merecesse Evie e pudesse finalmente buscá-la.

O reencontro, porém, não foi fácil e Leo teve que se esforçar para se reaproximar de Evie, reconquistar seu amor e, com sua ajuda, deixar para trás toda a tristeza de uma infância de abandono.
Em O Coração do Leão, Evie narrou seu lado desse romance. Agora, em O Leão Ferido, é a vez de Leo contar tudo o que lhe aconteceu e revelar o desfecho dessa história de amor.

Amores, aqui em O Leão Ferido temos a história do primeiro livro contada pelo ponto de vista do Leo, já que em O Coração do Leão, a história é contada apenas pela Evie. Só que mais do que recontar a história, nossa linda Mia Sheridan nos dá ao mesmo tempo uma visão completamente diferente dela. Ela abre nosso campo de visão com relação à vida do nosso herói.

A última vez que fiquei nervoso para chamar uma menina para sair, eu era adolescente e foi com a mesma garota.

Também temos aqui alguns capítulos que contam o passado de Leo, assim como no livro 1, só que não um passado tão distante assim. No primeiro livro vimos que Leo só tomou coragem de ir atras de Evie depois do seu acidente. Ele contou que foi o terapeuta do hospital que o incentivou a isso e o ajudou a se perdoar pelas coisas que a tal mãe(drasta) adotiva fez a ele. E é muito legal poder entender todo esse processo de cura dele, já que foram muitos meses no hospital depois do acidente.

Eu poderia ser um detetive particular e tanto. Já venho seguindo Evie há uma semana e meia e ela nem desconfia.

Ah, a parte cômica no inicio fica por conta do Leo realmente achar que está segundo a Evie  sem ela perceber. Ri alto sozinha durante a leitura.

Mas mais legal ainda é ver o quanto ele ainda é apaixonado pela Evie. As comparações entre a Evie que ele amava na adolescência e a Evie atual são constantes, coisa que não tínhamos no primeiro livro, claro. Ele também compara a necessidade que ele sempre teve de protege-la, quando eles eram mais novos, com o sentimento que ele tem hoje em dia, já que agora que ele tem os meios para finalmente cuidar dela. Eu amo esse tipo de personagem e o Leo não decepciona nesse quesito. Quando li o primeiro livro, eu já tinha o segundo (em inglês) no iPad, então em todos os ataques de ciume do Leo eu tentava imaginar como seria estar dentro da cabeça dele nessas horas.

O leao ferido En

Minha primeira versão, em inglês.

Bom, como sempre, (pra não perder o costume) vocês já devem ter percebido que eu sou apaixonada pelo Leo né?! A #piriquetagemLiterária não sai da blogueira aqui. Ainda mais quando o Leo é exatamente o meu tipo de personagem, ciumento, possessivo, super protetor, preocupado, apaixonado… Tem coisa mais linda que um homem apaixonado? (sem contar que meu marido também se chama Leo…. rsrsrsrsr aí foi amor eterno mesmo)

Esse é o segundo beijo mais incrível da minha vida. O primeiro foi com a mesma garota.

Outra coisa incrível aqui é entender os motivos por trás das reações do Leo quando a Evie dizia que não entendia as atitudes dele enquanto eles eram jovens. As percepções são muito diferentes, pois o Leo adolescente já tinha certas reações a Evie que ela, como menina, ainda não tinha. Essa foi uma das descobertas mais legais pra mim. Ver como a autora abordou de forma tão inteligente essa diferença.

Mas ele provavelmente não sabia a dor excruciante que era ver alguém que se ama sofrer e não ser capaz de fazer porra nenhuma para mudar isso.

Como eu disse lá em cima, O Leão Ferido é uma recontagem do livro anterior, mas ao mesmo tempo é muito, muito mais que isso. A história deles já era uma que eu tinha trazido assim para avida sabe?! Toda aquela história do amor que nasceu na adolescência e resiste até hoje. Também gosto muito da Evie, já li O Coração do Leão umas cinco vezes, e com esse aqui não foi diferente. Esses livros se tornaram aquele tipo de história que eu levo na bolsa para reler sempre que tenho um tempinho livre. Tanto que acabei lendo mais uma vez ontem só para escrever sobre ele pra vocês. E relembrando como um livro narrado pelo mocinho pode ser picante.
Mais que recomendo a leitura desse #Queridinho.

O leao ferido Pt 2

O Leão Ferido é o terceiro livro da série Signos do Amor, que tem até agora oito livros lançados lá fora. O primeiro lançado por aqui foi A Voz do Arqueiro (tem resenha sobre ele AQUI).

O Leão Ferido

Signos do Amor, livro 3

Mia Sheridan

Editora Arqueiro (no Brasil)

Classificação: ★★★★★(5)

Já é fã do Leo e da Evie? Tem O Leão Ferido a venda, em português, aqui:

supermercado extra Livraria Cultura

Pessoas, é tão bom falar sobre esse livro lindo…. Vem conversar comigo sobre ele! Faça uma boa ação e deixe um comentário aqui em baixo para a blogueira carente que não tem com quem conversar…. rsrsrsrs

Bjos 1000!

Jaque

Jaque

Carioca, casada e apaixonada por livros. Lê de tudo, mas prefere romances.Totalmente Disney Freak, ama tudo que a Disney produz. O apertamento onde mora quase não comporta o tamanho do amor pelos livros (agora compra mais e-books), até porque, metade de mim ama ler e a outra metade está ali com um livro na mão.

"...as lost as Alice as mad as the Hatter"
Jaque

2 Comentários

    • Jaque
      Jaque says:

      Oiii de novo, Paty! (sentindo-me intima já….rsrsrs)
      Compre, leia e volte aqui pra me contar como foi.
      Bjos 1000!

Deixe um Comentário