15/01/2016

[Resenha] Marca da Destruição – Sylvia Day

Oiii meus amores!

Pra comemorar que a nossa diva Sylvia Day vai lançar o último livro da série Crossfire em abril (obrigada deuses dos leitores fissurados em sagas que demoram anos para serem concluídas), vamos falar hoje sobre outro lançamento dela por aqui, Marca da Destruição, segundo livro da serie Marked. #blogEmFesta

Massssss se você não conhece a série, pode ir clicando AQUI, pois não tem como eu não dar um mega spoiler assim que começar a escrever. Por favor, não me odeiem…. eu amo vocês. 💖 Rsrsrs

Marca da destruição pt 2

Li primeiro em inglês, mas até tirei a foto da capa americana aqui do post, já que comprei essa lindeza em português.

Sinopse:
Após receber a Marca e se tornar uma caçadora de demônios, Eva e Caim se apaixonam e começam a experimentar a transição do desejo insaciável para algo mais profundo. O corpo de Eva esta se adaptando a Marca, gerando uma incontrolável sede por sangue e outras tentações, que começam, a arrastá-la para uma via de luxuria sem limites.

Gente a blogueira aqui está tão feliz, mas tão feliz com o lançamento de Todo Seu, (tem pré-venda dele AQUI)  quinto e (se Papai do Céu permitir) último livro que conta a história de amor de Gideon e Eva que a ansiedade me consome. Tanto, que catei o único livro da Sylvia que eu ainda não havia lido e estava lá guardadinho no iPad.

Como vocês ainda estão aqui 😍, significa que já leram o primeiro livro, Marca da Escuridão, ou não se importam com alguns spoilers. Eu na verdade não ligo, mas tento não contar muito porque sei que algumas de vocês, pessoas lindas, não suportam. Rsrsrs

Bom, só da gente saber que tem um segundo livro já é um spoiler…. rsrsrsr #blogueiraPalhaça Em Marca da Escuridão, a história começou pelo fim, com a morte da Eva. Quando percebi isso fiquei sem ar. Como eu já tinha comprado os dois primeiros livros da série, abri logo o segundo pra saber se a Eva tinha mesmo morrido. 😱

pegasus roendo os cascos

Eu, no final do primeiro e no inicio do segundo…. Depois voltei a ficar assim no final….

Fiquei feliz, porque ela estava viva aqui em Marca da Destruição, mas irritada com o inicio totalmente sem noção da história, como se nada tivesse acontecido no livro anterior. Sabe? Senti-me enganada. Como se todo o meu nervosismo tivesse sido negligenciado. Tanto que larguei. Decidi que não voltaria a ler enquanto minha raiva não passasse. Rsrsrsr #TPM?! Mas com a felicidade que eu senti com a notícia do lançamento de Todo Seu, esqueci a raiva e caí dentro do Caim Ô da história.

Alec matava par viver, e ele era excelente nisso. Ele era a razão por ela ter sido marcada. Ele era também seu mentor.

Amores, encontramos Eva bem viva, (OBAAAAAAAA 🙌) embora não saibamos bem como isso aconteceu. Na verdade ninguém sabe. O que sabemos é que ela realmente morreu, mas foi ressuscitada devido a mais um acordo de Caim com Jeová. Qual acordo? Não sabemos. Mais um dos milhões de segredos que temos nessa história.

Para traze-la de volta das beiradas do Inferno, ele mentiu para alguém de poder. Um serafim. Ou talvez Deus em pessoa. Alec pagaria por isso… de algum modo, algum dia. E agora estava mentindo novamente. Por ela.

Esse livro foca no treinamento dos novos Marcados. Assim como Eva, outras pessoas ao redor do mundo que acabaram de ser marcadas, precisam ser treinadas para aprender a caçar e entender as diversas reações da Marca. Vamos conhecer novos personagens e acabar desconfiando de todos eles.

“….você pode pegar o que não devia, mas no fim você continuará sem ter o que queria.”

Claro que nosso triangulo amoroso entre Abel, Eva e Caim continua pegando fogo. Fiquei desesperada durante toda a leitura por causa desses três. Tipo, Caim é afastado de Eva durante o treinamento dela e designado a caçar o líder da matilha de lobos, o pai do tal adolescente que ‘matou a Eva”. Abel (ai…. não consigo gostar dele, mesmo ele se comportando um pouco melhor aqui) acaba mexendo os pauzinhos para ir ficar com a Eva durante o treinamento dela. A desculpa é que ele precisa protege-la. Aí, essa ligação entre a Eva e o Abel, por causa da marca, me tira do sério.

Seu ciúme não é nada se comparado ao meu. Eu sinto todas as vezes que você goza. Todas as vezes. Pense sobre isso por um minuto.

E para piorar, Eva esta passando por uma transformação na sua marca, que a faz ter um tipo de febre e, claro, passar por uma forte tenção sexual. A cereja do bolo é o fato de Eva e Caim tentarem se falar com frequência e ele quase surtar quando descobre que o irmão Abel está lá com ela enquanto ele deve permanecer longe. #sofrencia
Amores, grandes mudanças acontecem depois da metade do livro, mais ou menos, e a maior delas me deixou extremamente nervosa em relação ao futuro do relacionamento entre Eva e Caim. Parece que ela está se distanciando dele e se aproximando de Abel desde o inicio do livro (para meu completo desespero sou #teamCaim) e essa mudança só piora a situação. Prova de que o terceiro livro será bombástico. #leitorSofre Leiam e me falem!

Anjo. Era um apelido íntimo que apenas Alec usava. Toda vez que Eva o ouvia, seus tendões dos pés se enroscavam. A voz dele era suave como veludo e capaz de transformar a leitura de Uma Breve História do Tempo de Hawking numa experiencia de gozo sexual.

Pessoas, se vocês quiserem saber mais sobre a série Marked, cliquem AQUI que eu falo sobre o primeiro livro e tals.

Marca da destruição pt 1

Ainda babando por essa capa bapho!

Marca da Destruição

Série Marked, livro 2

Sylvia Day (escrevendo sob o pseudônimo S.J. Day)

Faro Editorial

Classificação: ★★★★☆ (4)

Tem a venda em português aqui:

Livraria da Travessa  Livraria Cultura  supermercado extra

 

Amores, agora é o momento que eu mais gosto, deixem seus comentários aqui em baixo! Me contem de que lado vocês estão, Caim 👼 ou Abel 👿?

Bjos 1000!

Jaque

Jaque

Carioca, casada e apaixonada por livros. Lê de tudo, mas prefere romances.Totalmente Disney Freak, ama tudo que a Disney produz. O apertamento onde mora quase não comporta o tamanho do amor pelos livros (agora compra mais e-books), até porque, metade de mim ama ler e a outra metade está ali com um livro na mão.

"...as lost as Alice as mad as the Hatter"
Jaque

6 Comentários

  1. Luciene Machado says:

    olá,já li a marca da escuridão e adorei o triangulo, ansiosa por o próximo Marca da destruição,louca para ler

    • Jaque
      Jaque says:

      Oiii Valdenise!
      Sou da mesma opinião! Inclusive, estou morrendo de medo de ler o terceiro livro justamente por isso. Vamos juntas dar na cara dela se isso acontecer.
      Bjos 1000!

  2. Anna Paula says:

    Boa tarde, meninas li os três livros e achei bem pobre, ela fica sempre repetindo os acontecimentos, não vi necessidade de ler os anteriores quando li o terceiro “A Marca do caos”, fora que o livro acaba de forma que da a entender que há um quarto ao qual ainda não achei,pois o Padre Riesgo desaparece após voltar do inferno, a primeira esposa de Alec surge sem nenhuma explicação e some ao mesmo tempo, Liltih e sequestrada por Satan e a Eva aparece confusa com um pedido que estaria apara acontecer, porem tenho interesse em ler o quarto pois odeio coisas inacabadas.

    • Jaque
      Jaque says:

      Oiii Anna Paula!
      Boa tarde, minha flor!
      Eita…. Perdão por meio que “censurar” seu comentário, mas é que eu li várias coisas ali que pareciam spoiler…. Lamento você não ter curtido a série. Pior que eu nem sei mais dizer se são 4 livros ou três, porque fui no site da Sylvia Day e vi que vários livros são spin-offs dessa série. Mas me perdi. Vou ler o último pra ver se vou ter a mesma impressão que você.
      Bjos 1000!

Deixe um Comentário