16/10/2015

[Resenha] Until Friday Night – Abbi Glines

Oiii Amores!

Sexta-feira, sua linda, que bom que você chegou! #amoSexta Então vamos falar sobre um livro que tem tudo a ver com ela.

Until Friday Night (ainda sem tradução oficial no Brasil, mas em tradução livre seria Até Sexta a Noite) é um livro super cuti-cuti da nossa linda Abbi Glines 🎀. #AutorComLaçoDeFita

Until friday night - foto resenha

Pickups, fogueiras e romance nas sextas a noite. Como não amar?

Sinopse (tradução livre):

Para todos que o conhecem, West Ashby sempre foi aquele cara: o arrogante, popular, bonito-demais-para-seu-propio-bem deus do futebol que levou a escola de Lawton High para os campeonatos estaduais. Mas mesmo West sendo O Cara no Campus por fora, por dentro ele está lutando contra a dor que sente ao ver seu pai morrer lentamente de câncer.

Dois anos atrás, a vida de Maggie Carleton se desfez quando seu pai matou sua mãe. E depois que ela contou à polícia o que aconteceu, parou de falar e permaneceu assim até hoje. Mesmo a mudança para Lawton, Alabama, não conseguiu trazer a antiga Maggie de volta. Então, ela permaneceu quieta, mantendo sua tristeza e seu coração fraturado escondido.

Como a dor de West tornando-se demais para suportar, ele sabe que precisa falar com alguém sobre seu pai – então nas sombras de uma festa pós-jogo, ele se abre para a menina que ele sabe que não vai contar a ninguém.

West espera que falar sobre seu pai possa lhe trazer algum alívio, ou pelo menos uma enxurrada de emoções que ele não possa controlar. Mas ele nunca esperava que a quieta garota fosse responder, para revelar uma dor ainda mais profunda do que a sua própria – ou que eles formassem uma conexão tão forte que não o permitisse deixá-la ir…

Pessoas, já vou avisar que os fãs de filmes como Grease – Nos Tempos da Brilhantina vão se apaixonar MUITO por essa história super fofa e totalmente diferente da outra série da Abbi Glines já lançada aqui no Brasil, Rosemary Beach (se você não conhece, falo sobre ela AQUI). Eu sei que existem trocentos outros filmes que são muito mais parecidos com o livro do que Grease, mas eu amo muito esse filme. Se você souber de outro filme que se pareça mais com o livro, me conta lá nos comentários.

grease - beijo

Cena do filme Grease.

Aqui vamos viver um típico romance americano de High Scool, o ensino médio daqui. Sabe o capitão de futebol que namora a líder de torcida e que ao final de cada jogo sexta a noite vai para uma festa com fogueira? Exatamente! Então, tudo de bom né?! Super clichê e eu amo clichês. 💖

Como você leu (ou não rsrsr) na sinopse, Maggie perdeu a mãe de uma forma traumática e, para lidar com esse sofrimento, decidiu parar de falar. Ela percebeu que não aguentaria recontar o que aconteceu com sua mãe, então, depois que contou tudo a policia, (sim ela viu o pai assassinar a própria mãe…) ela decidiu simplesmente parar de falar e se fechar para o mundo.

Enquanto eu tinha escolhido não falar mais para lidar com a minha dor, ele tinha escolhido lidar com a dele machucando as pessoas.

Um ano depois da tragédia, Maggie vai morar com os tios e o primo em uma cidadezinha do interior do Alabama chamada Lawtow, na esperança de que isso ajude em sua recuperação.

Brady, o tal primo (que é uma graça a parte), é simplesmente um dos caras mais populares do colégio e uma das estrelas do time do colégio. Alias, tudo nessas cidadezinhas do interior americano gira em torno dos campeonatos e das estrelas de football americano né?! Inclusive, em Greese é assim também. Viu? Eu disse que era clichê.

Until-friday-night quote

A tradução da quote está aqui em baixo.

Eu nunca estive apaixonada, então eu não tinha nada com o que comparar, mas não havia dúvidas em minha mente de que West Ashby havia se tornado a pessoa mais importante da minha vida. Eu estava apaixonada por ele. Eu podia ser qualquer coisa que ele precisasse que eu fosse. Mesmo que isso significasse que eu seria sempre apenas uma amiga.

E como Brady é um cara super popular, a mãe dele, tia de Maggie, acha que andar com ele a ajudará a se entrosar. Então ela empurra Maggie com Brady para uma das festas depois do jogo na sexta a noite. Aquelas com fogueira em campos abandonados.

E lá, de um canto escuro embaixo da arvore, Maggie vê o cara mais lindo que ela já viu na vida.

Eu havia tido meu primeiro beijo de verdade, e de um cara que eu nem mesmo conhecia.

West é o melhor amigo de Brady e capitão do time de football do colégio. Eles fazem uma dupla imbatível e ganham todos os jogos. Ele sai com a líder de torcida do colégio (dãaaaa) e ela se considera sua namorada, não que West dê a mínima para ela….  Mas nem tudo na vida de West é perfeito. Ele está nessa mesma festa com a intenção de se embebedar e esquecer o pesadelo que o aguarda em casa. Seu pai está com câncer terminal e ele sabe que vai morrer. Então, cada vez que ele se sente mal, West teme que esse seja o ultimo dia dele.

Sim, ele me beijou e, sim, eu gostei. E sim, eu estava curiosa a respeito de qualquer que fosse o segredo que ele estava escondendo de todos. Mas eu não era daquelas que deixava um cara virar minha cabeça.

Seu pai é seu melhor amigo e seu herói, então essa situação deixa West em frangalhos. Ele mantém em segredo o drama pelo qual está passando em casa, pois acha que não será capaz de lidar com a compaixão das pessoas.

Quando West avista Maggie perto de seu carro quando está indo embora, ele se sente atraído por ela. Não pela beleza em si, mas pelos seus olhos que parecem estar olhando dentro de sua alma e descobrindo todos os seus segredos.

Então, após tentar falar com ela sem resposta, já que eles não foram apresentados e West não sabe do problema de Maggie e nem que ela é prima de Brady, West simplesmente a beija e vai embora. Mas não consegue tirar ela da cabeça.

Eu retiro o que disse. Esse… esse foi o melhor que eu já tive.

Como Maggie acaba aparecendo nos mesmos lugares que ele por causa de Brady, eles acabam se aproximando. Não que Brady queira isso, já que ele alerta a todos os meninos da escola que sua prima está fora de alcance. Ele ameaça a todos para que ninguém se envolva com ela, pois Maggie já sofreu muito.

Mas West também sofre e a proximidade com Maggie começa a ajudar a ambos.

Antes de você, eu nunca sorria. Eu nunca ria. Eu tinha esquecido como. Eu estava sozinha. Mas você me salvou. Você me fez sentir apreciada, necessária, querida.

O West é lindo demais, amores, mesmo se comportando como um canalha as vezes, não tem como não cair de amores por ele, e a Maggie também é uma fofa. Eles são perfeitos! Os amigos do colégio também são ótimos. As amizades de infância aqui tem uma grande influencia na história o que torna o livro ainda melhor, como se o romance entre os protagonistas já não fosse apaixonante o suficiente….

Ela entrou na minha vida quando eu mais precisava dela. Eu nunca esperava por isso. Ou por ela. Mas agora que eu a tenho, não estava seguro de como passaria todo esse tempo sem ela.

Pra mim esse livro foi uma delicia de ler e, tipo, eu amo esses típicos romances americanos de cidade do interior. Principalmente esses que acontecem nas cidades sulistas. Pre ficar ainda melhor a narração é feita pelos dois, um capítulo sob o ponto de vista dela e um sob o ponto de vista dele. Meu tipo perfeito de narração.

Sem contar que a Abbi Glines é diva né?! Por isso ela é #AutorComLAçoDeFita aqui no blog. (se você chegou aqui agora e não conhece a tag, clica AQUI que eu explico o que é) Sou apaixonada por todos os livros dela.

Until Friday Night é o livro 1 da série Field Party. Pelo que eu percebi no site da Abbi, os próximos livros devem falar sobre os amigos do West. Espero que contem a história do Brady porque eu me apaixonei por ele também. Tô muito #piriguetchiLiterária eu sei, mas ele também é lindo demais.

Jhon

Danny, seu lindo! *-*

Ainda não temos informações sobre o lançamento dessa lindeza por aqui, mas assim que eu souber, volto aqui e atualizo o post. #souDessas

Until Friday Night

Field Party, livro 1

Abbi Glines

Classificação: ★★★★☆(4)

Gostou? Curte nossa página no face e deixa seu comentário aqui em baixo. 👇 É tão bom falar com vocês, pessoas lindas. Amo!

Bjos 1000!

Jaque

Jaque

Carioca, casada e apaixonada por livros. Lê de tudo, mas prefere romances.Totalmente Disney Freak, ama tudo que a Disney produz. O apertamento onde mora quase não comporta o tamanho do amor pelos livros (agora compra mais e-books), até porque, metade de mim ama ler e a outra metade está ali com um livro na mão.

"...as lost as Alice as mad as the Hatter"
Jaque

12 Comentários

  1. Petryne says:

    Oi Jaque!
    Ai que fofura, quero ler… quando souber do lançamento no Brasil avisa!

    beeeijos

    entrechasebonslivros.blogspot.com.br/

    • Jaque
      Jaque says:

      Oiiii Petryne, minha linda!
      Pode deixar que eu aviso sim. Também quero minha cópia em português. 😍
      Bjos 1000!

  2. Catia Neves says:

    Acabei de ler este livro graças a seu comentário neste site, sou fã da autora já li todos os outros livros anteriores dela! Como sempre não me decepcionou, afinal ela sabe nos emocionar com seus personagens tão reais, doces, românticos e que vem com uma bagagem emocional intensa, Maggy não foi diferente dos outros que com sua triste estória de vida apesar dos seus 18 anos nos conduz a reflexão sobre perdas! Perder pessoas que amamos! De forma trágica sem nos ser possível dizer “adeus”! Lindo !

    • Jaque
      Jaque says:

      Oiii Catia!!!
      Sério que você leu esse livro lindo da vida, e amou, porque leu sobre ele aqui no blog????? Estou emocionadíssima! Que linda você. 😍
      Muito obrigada mesmo. Amei saber que você gostou tanto.
      Eu também sou super fã da Abbi e leio tudo que ela escrever, por isso ela é 🎀 #AutorComLaçoDeFita 🎀 aqui no blog.
      A delicadeza dessa história e dos personagens é envolvente mesmo. Super concordo com você.
      Bjos 1000!

    • Jaque
      Jaque says:

      Oiii Yasmin!!!
      Sei exatamente como é, mas infelizmente ainda não saiu em português e eu não tenho nem uma previsão de lançamento pra te dar, por enquanto.
      Pode deixar que assim que for sair a gente avisa.
      Bjos 1000!

    • Jaque
      Jaque says:

      Oiii Debora!!!
      Meu coração sorri feliz por saber que você gostou da resenha.
      Pior que eu também acho que vai demorar um pouco pra sair por aqui, já que não ouvi nada a respeito ainda.
      Obrigada pelo carinho.
      Bjos 1000!

  3. aline costa de carvalho pereira says:

    Oi Jaque!!!

    Until Friday Night que livro lindo!!!! E me interessei por ele depois que li sua resenha aqui no blog.

    Amo narrativas assim, que apesar do sofrimento que os personagens estão passando, eles conseguem encontrar o conforto e o amor, conseguem se encontrar. ♥

    Bjos

    • Jaque
      Jaque says:

      Oiii Aline!
      Nem me fala, estou quase fazendo promessa pra essa série ser lançada aqui no Brasil, já que o segundo livro acabou de ser publicado lá fora. Estou como? Em cólicas para comprar. srsrsrs
      Bjos 1000!

Deixe um Comentário